terça-feira, 20 de julho de 2010

               AMIGOS

Oi amigos que não tenho, que falta vocês me fazem.
Mas onde vocês andarão que ainda não cruzaram meu caminho e preencheram minha existência tão vazia?
Mas onde mesmo que posso encontrar vocês?
Porque não me dão uma pista de seu paradeiro e enchem meu coração de alegria?
Porque mesmo não os conheço?
Por quais tortuosas estradas andarão os meus amigos que eu simplesmente desconheço?
Onde, me diz ao menos onde , se refugiam ao fim do dia, depois da ardúa tarefa de ser amigo, de ouvir,de aconselhar , de emprestar seu ombro, de dividir alegrias e tristrezas, onde se refugiam esses anjos que são denominados de AMIGOS?
Me deixa saber que são reais, me deixa conhecê-los, me dás a graça de poder aprecia-los, ama-los.
Podes ao menos, minha vida, permitir-me  conhecê-los ? eE já estou grata por esta benção maravilhosa de experimentar a sensação libertadora de ter ao menos por um pouco UM AMIGO!
Para que os tem, que felicidades!
Para quem os deseja como eu, que lástima!
Feliz dia dos amigo!