terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Suas palavras


Suas palavras ficaram em minha mente e hoje alimentam-me o espirito em tua ausência, meio que consentida, mas não desejada. Lembro-me que conversávamos sobre detalhes de uma vida que simplesmente deixam de ser percebidos e de repente ouviu-se uma música tocar e cantastes um refrão para mim, ele parecia mais uma declaração que brotava de tua alma e vinha abrigar-se na minha. " ...E mesmo assim eu só amo você", dizia a letra, ou melhor dizia o teu coração para o meu apaixonado. Você me disse que a musica falava sobre um casal que tinha suas ' diferenças', mas essas eram superadas pela força do amor. Sinceramente não lembrastes de nós e nossas ' pequenas' diferenças? Eu podia jurar que não cantavas uma letra que ouvias, apenas obedecias teu coração e dizias sem o disfarce dos anos o que já sei e que tu já sabes: Que nós somos um para o outro porque a vida nos fez assim... Dois que são apenas um!

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

BOAS NOVAS




P.S: Pessoal, estou dando um tempo do blog porque estou terminando meu livro. Agradeço sempre pelas visitas e nos próximos dias estarei de volta. Um beijo grande para todos que curtem o que escrevo. Obrigada por me apoiarem tanto, vocês são minha razão maior!