sábado, 14 de abril de 2012

RECOMEÇANDO...

   Hoje despertei com uma vontade louca de olhar dentro de mim...Abri a porta do meu peito, ingressei dentro de minha alma e fui abrindo caminho por entre os entulhos e como tem porcarias por aqui! Eu fiquei surpresa! De verdade mesmo. É incrível como não me apercebia que estava 'atolada' nas coisas que fiz, nos erros que cometi, nas falhas que me marcaram... Nossa! Eu fiquei espantada. Por isso que tinha tanto aperto no peito, tanta amargura, como dizem, é que tem muita coisa desnecessária dentro de mim. Uma vez o William Skaspeare disse: " Se você não sabe aonde esta indo, qualquer lugar serve..."E foi isso que aconteceu comigo. Eu me perdi. Perdi-me dentro de mim e deve ter sido por uma razão tão ínfima e mesquinha que eu sequer recordo qual foi. Talvez, eu nem saiba mesmo, afinal, não sei exatamente quando que eu me perdi. Alias, eu nem sabia que o caso era esse. Mas, agora que por acaso descobri, vou fazer uma faxina, afinal há muito lixo, mesmo dentro de mim, e eu posso reciclar algumas coisas,  livrar -me de outras, doar algumas para o museu de recordações e lembranças que existe dentro de cada um de nós. Eu descobri como tenho sido ignorante e arrogante com meus erros. Eu era melhor do que agora, eu sei disso. Mas, hoje, hoje não sou mais nada. Amanhã eu serei. Amanhã será o primeiro grande dia do resto da minha vida. Vou para o amanhã com o peito reciclado e cheio, apenas de esperança, não sou mais a mesma menina que sonhava e contentava-se com isso, agora serei uma nova pessoa que quer existir, existir de verdade. E essa reconstrução de mim demandará tempo. Muito tempo, afinal ninguém se reconstrói ou muda de um dia para o outro. Mas, este tempo será um tempo melhor. Não quero mais ter de me olhar no espelho e perguntar ' Se esta sou eu, quem era aquela de ontem?'. 
    Então nos vemos amanhã...
   
 P.S: VOU SIM RECOMEÇAR, PORQUE TODOS MERECEM UMA SEGUNDA CHANCE...
ATÉ EU...