quarta-feira, 2 de maio de 2012

O CASAMENTO


Sim, eu tinha um plano, a gente se conhecia, casava e ia embora...
Sim, era só mais um plano e como todo plano que se dê ao respeito, este também falhou!
Eu sei que o que vou contar pode despertar o senso critico de muitos, mas fui eu que tomei a iniciativa de viver aquilo, fui eu que quis enfrentar o mundo por ele, eu que pedi ele em casamento! Ele foi mais razão. Ele foi mais sentido, palavras e razão! Eu, emoção pura desfazendo-me em um gozo ridículo, crente de que esse amor poderia superar até a muralha da china em grandiosidade, acho agora que sonhei sozinha. Eu esperava ansiosa seu sim. Sim, porque quando eu pedi ele em cassamento, eu esperava que ele ficasse feliz, e ele ficou, e depois viesse correndo para meus braços e dissesse um sonoro, claro e especifico SIM Meu amor! Mas, nada disso se passou... O que se passou foi o seguinte:
- Casa comigo Amor?
- Do que você esta falando?
- Casamento! Viver juntos para sempre! Noivo e noiva dizendo sim um para o outro, Casamento ué, casamento!
- Você tá falando casamento? Quer dizer, quando diz casamento quer dizer ca-sa-men-to?
-Sim, Amor! Casamento sim. Quer ou não quer?
- Bem, na verdade eu não quero! 
-É o quê?
- Na verdade eu quero, mas não agora... Entende?
-Não, eu não entendo, mas te dou a honra de explicar antes de manda-lo' aos quintos'... ( Furiosa)
- Eu acho que casamento e uma coisa muito seria Amorzinho! Não se pode casar de um dia para o outro. E ademais, a gente se conhece pouco e ainda não sei se quero arriscar deixar de ser solteiro para dividir toda minha vida para sempre com você, não me leve a mal, mas você é meio doidinha. Eu não tô reclamando não, eu gosto do seu jeito, mas sei lá, homens gostam de mulheres previsisveis. Gostam de saber que quando chegarem em casa terão uma mulher com um humor presumível, um jantar tradicional, uma lingerie conhecida, essas coisas. Pode entender?
- Não, eu não posso entender! ( Eu gritava de raiva!)
- Mas, é muito obvio, que homem em sua sã consciência iria aceitar um pedido de casamento de uma louca? Um mulher linda, deslumbrante, inteligente e esperta, mas com o "gênio do cão" que você tem? Minha Flor, Meu doce, Meu Céu, Eu a amo e poderia aceitar esse pedido. Mas, eu sei que amanhã sua vontade de casar terá passado. Eu já a conheço e que faria se hoje eu quisesse de bom grado casar-me e amanhã ao acordar mudasse de ideia? O que faria?
- Eu? Ora, pois, eu... Eu, bem... Eu não queria casar mesmo! ( Dei as costas vencida pelo maravilhoso raciocínio do Homem que escolhera, sabia que ele estava certo, e o que eu faria?)
- Espera Amor, disse ele puxando-me delicadamente pelo braço e abraçando-me.- Você é meio louca sim , é meio geniosa e gosta de ser autoritária, mas Eu a amo assim mesmo... E saiba que no dia que souber que estamos prontos, eu mesmo te farei esse pedido. ( Sorri compreensiva e ele me beijou.)
E foi assim que aprendi uma importante lição sobre o tempo certo das coisas...
Há meses espero ansiosa seu retorno e seu pedido. Agora eu SINTO que ele SENTE que estamos prontos! E eu também SINTO!