segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

CAMINHO SECRETO

       Hoje eu não queria ficar sozinha... Mesmo que tivéssemos os dois em silencio, mesmo assim queria você aqui. Mesmo que você não se importasse de deixarmos as portas abertas, pra entrarem os ventos e refrescar nossos corpos, mesmo assim, juro que te queria aqui. Só não queria estar só hoje. Amanhã, sinceramente, nem me importo com o que haverá amanhã. Basta o hoje, e você e seu silencio... Dói o silencio, mas esse que vem de você me acalma. Não sei bem explicar o porquê, mas funciona comigo. É que algo em mim conversa com algo de você quando estamos nos olhando e sorrindo, ou mesmo sérios. 

     Os nossos silêncios são ‘Silêncios cheios’ de palavras e declarações, talvez até uma DR fosse possível nos nossos silêncios misteriosos. E você não vem... Já tá tão tarde, o sono me chama, o dia adormeceu meio devagar pra você chegar a tempo, mas você não vem... É inevitável meu desespero e esperança. Sim! Ainda te espero... Eu sei que ainda hoje você virá! 

    É que hoje eu só não quero ficar sozinha... Amanhã tanto faz... Hoje não! Hoje você precisa adivinhar meu caminho secreto e encontrar-me neste lugar. Onde estou? Espero você... Não demore. Tenho sono e pressa e esperança. Estou radiante de esperança e tem luzes e você precisa me encontrar... Tenho sono e você ainda não veio... Mas, eu ainda te espero...