domingo, 27 de maio de 2012

Hora do Adeus!




http://2.bp.blogspot.com/_TzOFxO4HX0s/TUkDFRnQixI/AAAAAAAAADI/Jwa_KCiAuXs/s1600/casal.png

"- Não estou entendendo esta conversa. Afinal, Philip, onde quer chegar com isso?
- Olha, Minha Querida Menina- Mulher, não quero machuca-la, jamais o faria concenciosamente, mas acho que esta aproximando-se rapidamente a hora do Adeus!
- Como assim, Hora do Adeus, do que esta falando? Você esta me deixando nervosa. Não estou entendendo nada do que esta acontecendo aqui, o que deu em você?
- Sabe, que quando mergulhei nessa aventura, eu admito e sempre fui sincero, era uma coisa grande dentro de mim esse sentimento, mas na vida tudo que parece eterno acaba um dia e isso já esta acabando... Perdoe-me a sinceridade Querida...!( Ele disse essas palavras e beijando-lhe ternamente a testa afastou-se para sempre...)"

   Foi exatamente assim que ela soube que não existia eternidade alguma para os sentimentos e que a efemeridade da paixão contamina qualquer tipo de relação humana, tornando-a inicialmente necessária, depois um fardo, depois um nada!
   Aprendeu que definitivamente não importa quantos estejam do seu lado agora, você realmente sempre estará um pouco só!