quinta-feira, 30 de agosto de 2012

QUERIDA, VOCÊ É A PESSOA CERTA!

video
ELTON JHON

P.S: Tudo acontece de repente e não há nada seguro na vida, nem a paz pode ser mantida, nem a amizade, nem o Amor... Este é meu adeus musical e silencioso... Este é o silêncio dos dias vividos que habita no meu coração!

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

UMA LIÇÃO DE VIDA!

Eu sempre caminhava por aquela rua, era na verdade, passagem para o lugar onde eu pegava o metrô. E sempre olhava distraída para aquela praça, sentia como se minha alma procurasse algo que ainda não tinha chegado... Naquele dia, no entanto foi diferente meu olhar... Quando comumente distraída olhei a praça, vi num banco deitado um pobre menino que me pareceu sentir muito frio, apesar de estar agasalhado. Eu o olhei com carinho e pensei nele o dia todo não sei porque. No outro dia eu procurava-o com meu olhar curioso, urgente, mas o menino sumira e durante toda semana eu não o avistei um só dia. Eu, meio que já o esquecia quando voltando do trabalho, já tarde do dia dou com a vista nele; Está sentado no mesmo banco, tem uma mochila do seu lado direito que tem um aspecto surrado e um prato vazio do outro lado. Um impeto me leva até sua presença e inconscientemente divido com ele o banco. Ele me olha de soslaio e sorri meio encabulado. Penso que decerto nem entende minha presença, nem a acha necessária. Instintivamente protejo com minhas mãos a bolsa que trazia comigo e ergo-me em sua direção perguntando diretamente:
- Ei garoto, onde estão os seus pais? Você não tem família? O que esta fazendo aqui sozinho? ( Ele me olha com pesar e dor terrível).
- Eles morreram na semana passada senhora. Minha avó cuidava de mim, vinha nesta praça com minha mãe e deitava no seu colo enquanto ela lia pra mim... Eu a perdi... Minha avó faleceu ontem. Estava vindo da mercearia do seu Genario e um carro a atropelou. Disseram que ela não sofreu... Não queria que minha avó sofresse mesmo! O dono da casa disse pra eu me mandar, que não era orfanato nem nada, que eu viesse pra praça, sobreviveria, ele mesmo sobreviveu..! Ele me disse isso gritando, e me jogou na rua, como um lixo velho... Minha avó dizia que não se deve jogar lixo na rua.
- Sua avó é inteligente! E quantos anos você tem?
- Tenho cinco senhora. E sabe, a senhora não é uma criança e por que pergunta tanto? Minha mãe disse sempre que ' bicho curioso é criança'. ( Ele sorriu ao lembrar dela e disse brincalhão)- Que pena que ela não pode conhecer a senhora. ( Eu sorri simpática).
- Pois é verdade. Meu nome é Sandra, e o seu?
- Meu nome é Santiago. Meu pai era Santiago também dona Sandra!
- E, não sobrou ninguém de sua família, uma tia, ou algo assim?
- Não. Todos foram embora sem mim...
- E o que pensa em fazer? ( Perguntei ingenuamente, como se um menino daquela idade pudesse entender o mundo).
- Eu ainda não sei. Ontem me deram pão. Hoje não tem pão, nem manteiga, nem café com leite. Não tem feijão nem tem nada. Mas, eu tenho um prato! ( Mostrou-me o prato com orgulho e um sorriso alegre nos olhos.)
-Um prato vazio Santiago? ( Fiquei triste!)
- Não senhora! Minha mãe disse que esse é o prato mágico, ele nunca estará vazio. Não pode ver? ( Insistia de que eu devia olhar melhor para o prato) - Ele está cheio, bem cheio!
- Cheio? Pensei que estava louco, quando me disse feliz..
-Este prato não está vazio... Ele está cheio de esperança!
   Abracei-o docemente. Não podia deixa-lo para trás, não depois de tudo aquilo. Tinha encontrado um 'pequeno amor' e conhecia agora o famoso sentimento materno de que minha mãe me falara toda vida. Encontrei um irmão de alma e saímos papeando em direção a padaria Florence!

sábado, 25 de agosto de 2012

Quem disse que acabou???

   SÓ ACABA QUANDO NÃO EXISTE MAIS UMA RAZÃO E QUANDO JÁ NÃO TEM MAIS UM SENTIDO DE SER, NO ENTANTO, ENQUANTO HOUVER FLORES DESABROCHANDO POR AÍ, HAVERÁ DENTRO DE NÓS A ESPERANÇA ETERNA DE SEMPRE CONTINUAR...

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

SEMPRE QUE...

Sempre que o amor te sorri, sorria de volta!
Sempre que a vida te fizer chorar mostre para ela que você sabe ser mais forte!
Sempre que a vida andar meio sem cor, procure seu painel e pinte-a como um arco-iris!
Sempre que os raios de sol tocarem sua pele agradeça por existir!
Sempre o que o amor cruzar o seu caminho aproveite-o como se fosse o primeiro e o ultimo Amor!
Afinal só queremos mesmo é ser felizes e o demais já é demais!

domingo, 19 de agosto de 2012

O INESPERADO...



 Foi mesmo o inesperado... Porque antes você parecia bem, parecia aqui por completo, e do nada você some! Pergunto-me como que isso pode ser possível, quer saber do que mais, eu não tenho sequer ideia do que se passa dentro de você! Tudo que sei, e nem é muito, é sobre mim e tudo que fiz para que ficasse para sempre! Olha, estou aqui ainda... Lembra-se quando disse que não iria embora? Pois, veja-me aqui, exatamente onde sempre estive! Não fui, estou aqui, mas estou aqui sozinha... Você é que foi e nem sei como, nem quando, nem porque decidiu ir assim em silencio...
  Mas, para ser sincera, e não adianta negar isso, estou sangrando por dentro, quebraram-se todas as minhas inocentes conjecturas de felicidade e hoje, não tem nada aqui além de uma mulher perdida dentro de si mesma! E pior é que eu até prefiro que vá assim mesmo... Bem devagar, em silencio, para que eu nem sinta tanto, quero mesmo que continue me torturando assim, vai devagar, bem devagar... É que quando o sol finalmente se por, eu vou olhar para o lado e aí não vou ter ver lá, mas não vou gritar e ficar louca! Não vou ficar louca porque você foi se perdendo devagar, meio que me acostumando dia a dia com sua ausência e quando partir para sempre tudo será apenas um terrível vazio que foi preparado por você, mas que será foi inesperado por mim...
Caminho agora e penso, pensar é uma tortura interminável... Sem você é tão sem sentido e você se foi assim sem mim e o que mais me desespera é não saber até quando esse silencio de dor vai habitar o meu peito... É isso aí, eu simplesmente não sei quando é que você vai voltar ou não voltar... Não gosto do inesperado porque geralmente é algo triste e silencioso! Minha nostalgia hoje é só mais uma saudade de algo que não vem...

domingo, 12 de agosto de 2012

Por que você não vem???


Olha, sabe quando a gente esvazia a alma e que por mais que se tente não se consegue encontrar as palavras certas pra se dizer o que quer dizer? Pois, é mesmo assim que tenho sentido. Nem é muito o que tenho pra dizer, mas eu queria poder encontrar a palavra certa, mas não dá. É como uma castigo para quem vive de palavras e  agora me sinto em um elevador lotado, estou sufocando, ficando azul, sem graça, pálida! Estou sufocando! Cadê o meu ar e onde foram parar as palavras certas pra descrever meus sentimentos? Por que de repente tudo sumiu de dentro de mim e me sinto tão só? Este tempo sem escrever está me matando! É serio! Sumiram minhas ideias e só há vazio e lágrimas dentro de mim... Quem danado já viu, viver assim sem palavras? Estou perdida e preciso de você...

  Por que você não vem logo inspiração???

sábado, 4 de agosto de 2012

O PEDIDO...


   Roberto sorriu e parecia me esconder algo... Eu, melhor que ninguém conhecia aquele seu ar de segredo, ele não sabe, mas quando está me escondendo algo tem o hábito de olhar para o lado e franzir a testa. Então, pelos 'sinais', conclui logo que realmente me queria dizer algo, mas estava sem palavras ou ideias... Ficou me cercando todo o dia e quando finalmente parecia que ele falaria, ele se afastava meio sem jeito. Eu, claro, que logo pensei o pior. E já começava minhas conjecturas, de porque que você vai acabar nossa história, ou com quem você me traiu, por que que você fez isso? Resoluta, pensei comigo, 'Não! Eu não vou perdoar. Sim! Estou muito zangada!'.No fim da tarde, já não tinha esperança alguma de ouvir qualquer tipo de desculpa ou confissão da parte dele. Sorri brincalhona quando ele me pegou pela mão e convidou-me a passear pela praia... Era algo que gostamos de fazer juntos. Sentir a nossos pés afundar na areia, juntos de mãos romanticamente entrelaçadas ao fim de tarde com o mais belo por do sol, então eu já estava suave e na minha paz habitual... Caminhamos um tanto, mas na agradável companhia daquele a quem o coração ama, nem notamos que a noitinha já chegava e nos havia flagrado ali, juntos e abraçados. Ele então, puxou-me para ele e me beijou docemente, por alguma razão eu sabia que aquilo era um desejo de ficar comigo para sempre. E eu retribui aquele desejo com tudo de minha alma! Nunca houve entre nós um beijo tão intenso de entrega total como aquele! Ele, largou-me e afastou-se um pouco, deu-me a impressão de que queria ver-me por completo como uma tela que nos afastamos para verificar seu caimento na parede... Então, foi se aproximando devagar e ajoelhando-se aos meus pés ele tomou entre as suas as minhas mãos... Olhou-me com os mais belos olhos de Amor que já existiram e disse meio perdido e nervoso: 
- QUER SER PRA SEMPRE MINHA DOCE NAMORADA AMOR?- Fiquei emocionada e com voz embargada de alegria e felicidade respondi claramente:
 - SIM, MEU ROBERTO! QUERO SER SEMPRE TUA!. 
    Ele sorriu satisfeito e feliz e beijando minha mão colocou sobre ela um anel de compromisso com uma flor, brincou dizendo: 
- Uma Flor para MINHA FLOR!

  Caminhamos de volta... Agora nosso destino era diferente... Agora estávamos indo em direção ao NOSSO amanhã!!!

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Sinto falta de você...



  Eu queria escrever um poema, texto ou coisa qualquer que pudesse reconquistar seu coração. Sabe, o que mais queria dessa vida era ter de volta o seu amor! Andei meio perdida por ai, mas quando você me sorriu, e ainda lembro bem daquele dia, tudo pra mim começou a ter real valor... Foram as estrelas no céu que brilhavam mais intensamente, os raios de sol na manhã que me tocavam como poesia... E depois o leve toque das brisas de verão, até mesmo o cair das folhas no outono era muito especial pra mim... Mas, daí, quando você resolveu partir um sonho nosso pra poder ampliar o sentimento, então deu nisso. Você pra lá e eu pra cá... Hoje, pergunto-me aonde que foi parar aquela alegria de outros dias e até do teu hálito de menta de manhã eu sinto falta! Sinto falta de uma infinita porção de você na minha vida! 
  E se eu pudesse estar do teu lado agora, eu só ia querer que soubesse o quanto que EU AINDA TE AMO e que serei SEMPRE TUA por toda essa minha vida. Que, alias, sem você, nem tem muita graça... Lembra que sempre dizíamos que a Bela não seria nada sem sua Fera tão amada? Sei que sabe também que nada nos adianta viver se tudo esta tão cinza sem eu pra você e tão triste sem você pra mim... Então, hoje eu queria mesmo que houvesse um jeito de trazer seu amor de volta para o meu coração e voltar a ser tua Doce e Eterna Namorada!
  
 E só pra constar eu AMO MUITO VOCÊ!